Posto hoje no blog dos Arautos do Evangelho – Divina Providência, para aqueles que admiram sabias reflexões, uma antiga fábula Oriental.

___
Certo dia, enquanto o sol encetava seus raios sobre as douradas areias do deserto, três mulheres conversavam ao lado de um poço. Um velho, que a pouco chegara, as escutava.
A primeira mulher dizia:

– Meu filho é muito forte, corre e pula.
Enquanto a segunda falava contente:
– O meu filho canta como os passarinhos.
No entanto, a terceira mulher nada dizia, apenas ouvia suas amigas.

Então o velho, alisando suas longas e brancas barbas, perguntou à senhora:

– Você não tem filhos?
Ela, muito tranquila, respondeu:
– Tenho, mas ele é um menino normal como todas as crianças.
Após a conversa no frescor do oásis, as três mulheres pegaram seus potes cheios de água e foram caminhando, com o ancião, de volta para sua aldeia.
No meio do caminho, fatigadas pelo peso dos jarros e o calor do sol, elas pararam para descansar e o velho homem sentou ao lado delas.
Logo elas viram seus filhos voltando para perto delas.
O primeiro vinha correndo e pulando, o segundo vinha cantando lindas canções.

O terceiro não vinha pulando nem cantando, ele correu em direção a sua mãe e pegou o pote cheio de água e levou para casa, poupando o esforço de sua querida mãe.
Tendo o dois primeiros jovens novamente se distanciado, as três mulheres perguntaram para o velho e sábio homem:
– O que o senhor achou dos nossos filhos?
O venerável senhor as respondeu:
– Realmente, eu acabei de ver três meninos, mas vi apenas um filho.

Assuntos relacionados:

História oriental

 

Veja Também:

O Martírio de São João Batista

Os Santos do Mês de Setembro

Santa Mônica e Santo Agostinho

Milagres da Medalha Milagrosa

NamiraDoflash 11

Biografia do Mons. João Scognamiglio Clá Dias

Três senhoras e três crianças mas apenas um filho!

Deixe o seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: