Se você tem algum parente ou amigo falecido, leia este artigo.

O Evangelho nos atesta a existência do Purgatório, como podemos ver nesta passagem em que Nosso senhor Jesus Cristo diz:  Aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não será perdoado nem neste mundo nem no outro. Portanto, existem pecados que são perdoados no outro mundo, ou seja, são expiados no purgatório.

Outra prova: Não hesites em fazer as pazes com teu adversário, diz Jesus, enquanto estiveres em caminho com ele, para que não vá te entregar ao oficial da Justiça e sejas lançado no cárcere. Em verdade te digo, daí não sairás enquanto não houveres pago o último centavo. Estas palavras nos revelam a existência na VIDA FUTURA de um lugar onde se pagam as dívidas morais, isto é, o purgatório.

São Paulo também diz que aqueles que misturaram nas Obras de Deus as preocupações do amor próprio, serão salvos, mas passando pelo fogo. ATENÇÃO: serão salvos. Ou seja, não serão condenados ao inferno, mas passarão pelo fogo, portanto, hão de sofrer e se purificar. Está aí o purgatório.

Podemos afirmar, com base nos ensinamentos da igreja, que:

Existe um lugar de purificação temporária para as almas justificadas que saem desta vida SEM COMPLETA PENITÊNCIA DE SEUS PECADOS.

Fica patente a existência do purgatório, mas dúvidas, tais como estas, podem  surgir:

1)Podem as almas que estão no purgatório se comunicar com as pessoas aqui da Terra? 2)Podem elas nos ajudar? 3)Podemos ajudá-las?

A resposta será dada em breve, num próximo post.

 

2 responses to “Se você tem algum parente ou amigo falecido, leia este artigo.”

  1. Anônimo disse:

    Conte-nos alguns fatinhos sobre o assunto !
    Os casos da Princesa Eugênia por exemplo …
    Salve Maria!

Deixe o seu comentário.