“Vou mandar o meu mensageiro para preparar o meu caminho” (Ml 3,1).

Quem seria tão grande em virtude, dons e amor a Deus; Tão grande homem a ponto de ser o precursor de Cristo?

“Uma voz exclama: Abri no deserto um caminho para o Senhor, preparai na planície uma passagem para nosso Deus” (Is 40,3).

Vejamos um pouco a história de quem o próprio Deus falou: “Em verdade vos digo: entre os filhos das mulheres, não surgiu outro maior que João Batista” (Mt 11,11).

____

 

Aparição de um anjo

Havia um bom homem chamado Zacarias, que exercia a função de sacerdote no Templo da cidade de Jerusalém. Sua esposa era Isabel. O Templo era um grande lugar sagrado, onde os judeus se reuniam para rezar. Num dia em que Zacarias estava oferecendo o incenso, sozinho dentro do santuário, um anjo lhe apareceu. Era o mesmo Anjo Gabriel que apareceria a Maria, a mãe de Jesus, alguns meses depois.

O Anjo Gabriel anunciou que Isabel, sua esposa, daria a Zacarias um filho, apesar de sua idade avançada. Este menino seria abençoado por Deus desde o ventre materno. O menino que iria nascer deveria ser consagrado ao Senhor, pois para ele estava reservada uma grande missão.

Mas Zacarias duvidou das palavras do anjo, pois ele e sua mulher já eram idosos. O Anjo Gabriel disse que ele ficaria mudo até o nascimento do filho, porque duvidou da palavra de Deus.

Quando Zacarias saiu do santuário, teve que se comunicar por meio de gestos, pois já não conseguia falar.

 

Isabel é visitada por sua prima

Assim como anunciou o Anjo Gabriel, Isabel concebeu um filho. Estando já no sexto mês de gravidez, ela recebeu em sua casa a visita de Maria, sua prima, a quem o Anjo Gabriel anunciara que conceberia por obra do Espírito Santo e seria a Mãe do Messias.

Ao se encontrarem, Maria saudou sua prima Isabel. E o menino, que ainda não tinha nascido, estando no ventre de sua mãe, conseguiu ouvir a voz de Maria, e começou a dar saltos de alegria, porque a visita de Nossa Senhora e o som de sua voz o santificaram, mesmo antes de ele nascer.

Ao sentir a criança se movimentar, Isabel ficou cheia de alegria do Espírito Santo e disse à sua prima:

– Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor? (Lc 1,42-43)

Maria permaneceu com sua prima até o nascimento do menino, que demorou ainda três meses.

 

O nome dele é João

No tempo em que nasceu o filho de Isabel, era costume dar um nome para a criança oito dias depois do nascimento.

Queriam chamá-lo pelo nome de seu pai, Zacarias, mas, Isabel interveio dizendo que a criança se chamaria João. Como ninguém na família tinha esse nome, perguntaram a Zacarias qual seria o nome do menino. E como ainda estivesse mudo, pediu uma tabuinha para escrever, pois naquele tempo não havia papéis como temos hoje em dia.

Zacarias escreveu na tabuinha: “João é o seu nome” (Lc 1,63). Todos ficaram admirados, pois não entenderam por que lhe dava este nome.

O nome João significava sua própria vocação, porque João quer dizer “agraciado por Deus”. E a missão de João era anunciar a vinda de Jesus Cristo, o Filho de Deus.

Por um milagre, Zacarias recuperou a fala no mesmo instante em que escreveu o nome do filho na tabuinha. Todos perceberam que a vida deste menino seria especial. Esta notícia se espalhou por toda a região.

Coleção exemplos de vida

____

Quando ainda muito jovem São João foi morar no deserto. Onde se preparou para a grande missão que Deus lhe reservava. Anunciar a vinda do Messias.

Foi do deserto que João começou a batizar, a falar da penitencia, da conversão, a falar do Cristo.

O nascimento de São João Batista

Deixe o seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: