Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor nem se magoe com a sua repreensão.

Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor nem se magoe com a sua repreensão.

De que maneira devemos aceitar as repreensões que recebemos para que estas nos santifiquem? Discorramos um pouco acerca deste tema tão decisivo para nossa salvação eterna. Possivelmente, a maior dificuldade do homem concebido no pecado original apresenta-se quando sente em si uma forte e agradável atração oposta ao dever, acompanhada de uma espécie de cegueira por onde a pessoa não discerne claramente o mal encerrado […]

Leia / Read Me Deixe um comentário

Heroísmo, a chave da felicidade!

Heroísmo, a chave da felicidade!

Heroísmo. Palavra que faz-nos vibrar a alma! Palavra, que fez vibrar a alma dos bem-aventurados que se encontram no Céu! Com certeza, não é algo que se refira a coisas palpáveis, mas sim, a algo muito mais sublime, elevado e sereno. Diz-nos Aristóteles que o homem é composto de corpo e alma, e a Santa doutrina da Igreja sublima isto quando deita sua luz, através […]

Leia / Read Me Deixe um comentário

A CARTA DO ALÉM – final

A CARTA DO ALÉM – final

…Era no tempo quando, no escritório, tão virulentamente eu caia em cima das corridas à igreja, dos padrecos, do murmurejar de rosário e das demais bugigangas. Emprenhastes-te, mais ou menos inteligentemente, em proteger tudo isso; aparentemente sem suspeitares de que para mim, em última análise, não se tratava dessas coisas, mas propriamente de ponto de apoio contra minha consciência que eu estava procurando – dele […]

Leia / Read Me Deixe um comentário

Temos necessidade de sofrer?

Temos necessidade de sofrer?

“Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?” Ao triunfar sobre a morte e o pecado, Cristo Jesus comprou nossa salvação, abrindo-nos de par em par as portas do Céu. Foi esse, entretanto, o único objetivo do Salvador com seu supremo martírio? Não. Além de reparar as ofensas feitas ao Pai pelos pecados cometidos por suas criaturas humanas, e […]

Leia / Read Me Deixe um comentário

De Maria nunquam satis! – 3

De Maria nunquam satis! – 3

Enquanto Maria vos sustenta, não caís; enquanto vos protege, não temeis;  enquanto vos conduz, não vos fatigais; e, sendo-vos propícia, chegareis  ao porto da salvação. (São Bernardo de Claraval) Salvar

Leia / Read Me 1 Comente / Comment

A CARTA DO ALÉM – 3

A CARTA DO ALÉM – 3

Quase me teria mesmo envergonhado do teu espanto. Agora rio-me disso. O mais bem feito, em toda essa burla, era permitir-se a comunhão apenas aos 12 anos. Eu já estava, então, assaz possuída do prazer do mundo, que postergava facilmente tudo quanto era religião, e não levei a comunhão a sério. O novo costume de deixar as crianças receberem a comunhão aos 7 anos põe-nos […]

Leia / Read Me Deixe um comentário

A CARTA DO ALÉM – 2

(…)E todas essas lembranças nos mostram aquele medonho lado que fora uma graça que desprezamos. Como isso atormenta! Não comemos, não dormimos, nem andamos com as pernas. Espiritualmente acorrentados, nós réprobos, fitamos estarrecidos a nossa vida falhada, uivando e rangendo os dentes, atormentados e cheios de ódio. Ouves tu? Bebemos aqui ódio como água. Odiamo-nos mutuamente.[S. Th. Suppl. q. 98, a. 4, r.: “Nos réprobos […]

Leia / Read Me Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: