Santos Martires Inocentes

No terceiro dia da oitava de natal, comemoramos a festa dos santos mártires inocentes. Pequenas crianças, cordeirinhos do Senhor”, mortos por Herodes que, num auge de cólera, queria dar fim a vida do menino Deus recém-nascido, por medo de perder o seu reinado.

Tinha ele em vista apenas o seu interesse e ambição, sem levar em conta as lagrimas de tantas mães: “Eis o que diz o Senhor: ouve-se em Ramá uma voz, lamentos e amargos soluços. É Raquel que chora os filhos, recusando ser consolada, porque já não existem.” Sem levar em conta tantas vidas.

Entretanto:

“essas crianças morrem pelo Cristo, sem saberem, enquanto seus pais choram os mártires que morrem. Cristo faz suas legítimas testemunhas aqueles que ainda não falam.

“Ó imenso dom da graça! Que méritos tinham aquelas crianças para obterem tal vitória? Ainda não falam e já proclamam o Cristo. Não podem ainda mover os membros para a luta e já ostentam a palma da vitória.

“Ó Deus, hoje os santos Inocentes proclamam vossa glória, não por palavras, mas pela própria morte; dai-nos também testemunhar com a nossa vida o que os nossos lábios professam.”

Deixe o seu comentário!

Fontes:
Liturgia das Horas
Bíblia Sagrada

 

 

Deixe o seu comentário.